Faça sua pesquisa aqui!

Carregando...

Se-pa-re as sí-la-bas!


Fui chamada por um aluno que estava indo mal na escola. Ele não conseguia separar sílabas e precisava de muita nota para passar de ano.
Então eu criei o "Método do Soquinho" e foi um sucesso!
Muito simples. Para marcar o "ritmo" de qualquer palavra, damos leves soquinhos na mesa.
Exemplo: pa-ne-la. (3 soquinhos). Trissílaba.
Isso facilita muito.
Quando havia dúvida, eu ensinava meu aluno a dividir de todos os modos possíveis e perceber qual soava melhor.
Exemplo: com a palavra "pai". Dois soquinhos ou um soquinho? 
Dizemos "pa-í" (2 soquinhos) ou "pai", com um soquinho só?
Um só! Palavra monossílaba, então.
Já a palavra "país" é dita com dois soquinhos: "pa-ís". Dissílaba. 
Meio = me-io (2 soquinhos, dissílaba)
Meu = meu (1 soquinho, monossílaba)

E assim, com o "Método do Soquinho", meu aluno passou de ano e tudo acabou bem! :)

Se você também tem dificuldade de perceber o "ritmo" das palavras, experimente.
E é bom ir treinando, porque estamos preparando um JOGO muito legal com esta matéria.




Visão multicolorida


Alguém já te contou que você enxerga menos cores do que um papagaio ou um pombo? Pois é! Pode acreditar. O papagaio, por exemplo, consegue saber se um outro é macho ou fêmea pela diferença de coloração, que, pra nós, é impossível enxergar. É que o olho humano tem apenas três receptores de cores. O papagaio tem quatro (além de outros bichos, até com mais do que isso). Então as combinações de cores se multiplicam.
O campeão é uma espécie de camarão, chamado Squilla mantis, com 12 receptores!

Se com 3 receptores, nós já achamos que conhecemos tantas cores diferentes, já imaginou com 12? Uau!

Já que estamos falando nisso, vamos brincar um pouco com as cores?
Clique aqui

Quer assistir a um ensaio de uma banda?

O maestro Paulo Serau convida você a assistir um ensaio de uma banda sinfônica e ver de perto como isto funciona. A entrada é gratuita e você vai gostar de conhecer mais sobre música e os instrumentos de uma banda.
Por acaso você sabe o que é um clarone? Ou o que significa"cozinha" para eles? Onde ficam os sopros e os metais da banda?
Ele explica e responde qualquer dúvida da plateia.

Estes ensaios abertos acontecem de 15 em 15 dias, às terças, às 20h.
Mas precisam de público para continuar acontecendo. Então, vamos prestigiar, combinado?
Até podemos ficar no palco para ouvir os instrumentos de perto.


Visite o face do maestro Paulo Serau







Ensaio Aberto com Paulo Serau e a Grande Banda
GRATUITO.
Teatro João Caetano
Rua Borges Lagoa, 650 - Vila Clementino – São Paulo
Das 20h às 22h.

Estúdio de quadrinhos na Bienal


Na Bienal do Livro deste ano tem um estúdio de quadrinhos ao vivo. Fica no stand da Turma da Mônica. Os artistas podem ser vistos trabalhando em uma caixa de vidro. Muito legal! 
Se você está em São Paulo, aproveite a dica e vá lá passear e xeretar uma porção de livros.

Veja mais sobre este stand

Bienal do Livro 2016
Até 4 de setembro, domingo.
Ingressos: R$25,00
Grátis para menores de 12 e maiores de 60 anos
 
No Anhembi
Av. Olavo Fontoura, 1.209 - Santana - São Paulo/SP

Torcendo ou agradecendo?


Você usa muitos desenhos (emojis) nas suas mensagens, não é? Mas o engraçado é que alguns significados são totalmente diferentes do que imaginamos.
Por exemplo, as duas mãozinhas juntas, em gesto de oração? Quando você está torcendo por algo, não é mesmo?
Mas fique sabendo que este sinal quer dizer "obrigado", um agradecimento. Porque foi criado no Japão, onde as pessoas agradecem assim (e também pedem desculpas).  :)

Faça um sonzinho!

Você acredita que os números de 1 a 7 do seu teclado podem fazer lindos sons? Sons divertudos e relaxantes, que lembram até um chocalho de bebê.
Você vai adorar. É só clicar abaixo e ir lá ver o jogo feito pela Liliana, que imita um instrumento africano chamado "kalimba".

Clique para carregar a kalimba!

Curiosidade:
Como a gente descobriu a kalimba?
Através do Décio Gioielli, um músico que entende tudo sobre este e outros instrumentos africanos.
Saiba mais.

Ovelhas cintilantes


No Uruguai, cientistas criaram ovelhas que brilham no escuro. Elas foram modificadas geneticamente e, dessa forma, podem ser vistas facilmente no meio do rebanho. Este "efeito especial" foi produzido com uma proteína da medusa Aequorea victoria (que brilha no oceano). Veja só:


Os cientistas afirmam que esta experiência pode ser usada de outras formas e com outras substâncias para melhorar a saúde das pessoas.Veja outras ovelhas que brilham...mas de um jeito diferente.

"Ovelhas no palco"


Obras de lego


Quem poderia imaginar que um brinquedo virasse obra de arte, hein?
Nathan Sawaya cria e copia obras famosas, só que ele não usa nem tintas, nem pinceis. Tudo é feito com pecinhas de lego.
Imagine que este artista americano já gastou mais de 3 milhões de reais para comprar as peças. Mas valeu a pena. Suas esculturas já estiveram expostas em mais de 80 museus. Em agosto de 2016, algumas delas estarão na Oca, em São Paulo. E depois no Rio de Janeiro, em novembro.


Veja outras funções diferentes para o mesmo brinquedo! :)

Ajudando deficientes visuais a aprender a ler.

Virando filme de dinossauros.

Bicicleta de papelão


Você acha possível uma bicicleta novinha custar uns R$40,00?
Pois isso pode acontecer, depois da invenção de um designer chamado Izhar Gafni, nascido em Israel.
Ele inventou uma bike inteirinha feita de papelão e materiais recicláveis.
O trabalho durou quatro anos, mas valeu a pena. Tudo começou quando Izhar descobriu que já existia uma canoa feita de papelão. Então ele pensou: "Se existe um barco, que aguenta água, também dá para fazer uma bicicleta!"
Palmas pra ele!

Legos com letras


Olha só que ideia bacana. Foi inventado um tipo de lego, o jogo de montar, mas com letras em braille. Assim, as crianças que não conseguem ver, poderão aprender a ler de um jeito muito mais divertido. Este projeto é de uma parceria da Fundação Dorina Nowill para Cegos e da agência Lew'Lara/TBWA. Mas ainda precisa de um patrocinador.
Esperamos que dê certo logo.

E tem mais. É uma ideia que pode ser usada por todos livremente, no mundo inteiro. Faz parte do "Creative Commons" (que deixa copiar inventos sem cobrar nada).


Clique e saiba mais.